Cruzeiro pode ter instaurado o caos no América-MG

Criste insaturada! O interesse do Cruzeiro no volante Emmanuel Martínez, do América-MG, pode ter sido o grande pivô para uma turbulência institucional no Coelho. 

De antemão, vale lembrar que Martínez ficou de fora da estreia do América no Campeonato Mineiro por ter sido vetado pelo departamento médico. A direção alegou “mal estar”. Porém, logo a notícia chegou aos ouvidos celestes

Isso porque, de acordo com regulamente, um jogador não pode defender as cores de dois clubes na mesma edição do Estadual. Ou seja, em tese, Emannuel Martínez ainda poderia atuar pelo Cruzeiro no Campeonato Mineiro de 2024. 

Crise no América tem troca de farpas entre empresário de Martínez e presidente do Coelho

Diante dessa situação, o presidente da associação do América, Alencar da Silveira Júnior, não quis saber de meias palavras ou de diplomacia e, após o jogo, escreveu um longo texto para Ângelo Pimentel, empresário que intermediou a ida de Martínez ao Coelho e também as recentes tratativas com o Cruzeiro. 

A publicação não ficou muito tempo no ar, afinal, foi apagada por Alencar. Contudo, o print foi feito pela página Diário do Coelho e compartilhado com os torcedores. Alerta! Passagens fortes nos próximos parágrafos. 

Alencar começou o seu desabafo fazendo uso de um trocadilho: “Pimentel nos olhos dos outros é refresco”. O presidente enalteceu a postura dos jogadores na goleada por 6 a 0 em cima do Pouso Alegre e alfinetou o empresário.

“Parabéns a todos os jogadores que foram escolhidos e estão fazendo a sua parte. Vocês mostraram sempre que se preocupam com o América. […] E você que até hoje só sugou do América e tenta atrapalhar mais uma vez pode ter certeza (Pimentel nos olhos dos outros é refresco) a sua presença é longe do América”, reclamou Alencar.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Quando estava mamando gostava. Hoje, vê a possibilidade de mamar mais, só quer atrapalhar, e não ache que vai atrapalhar o América. Vai acabar com seu jogador, seu vagamundo [SIC] e caloteiro. Enquanto eu estiver no América você não passa nem na porta, vagabundo. O melhor que tem que fazer é pagar o que deve, picareta”, cotninuou o presidente.

Ângelo Pimentel, em contato com o site No Ataque, se manifestou. O empresário condenou as palavras que foram escritas por Alencar, mas disse que isso não o surpreende. 

“O que está escrito ali [na publicação do Alencar] é uma coisa muito pesada, de baixo nível e também partindo dele não é novidade nenhuma”, iniciou o empresário.

“Diga-se de passagem, há poucos dias ele fez o mesmo tipo de pronunciamento se referindo ao Cruzeiro. Chamando o Cruzeiro de um time quebrado, falido, sem dinheiro, pessoas que não pagam… Então como presidente do América, que ele gosta de se intitular, ele deveria se preocupar um pouco mais com o terreiro dele, com o América em si, em vez de preocupar com o terreiro dos outros, que no caso é o Cruzeiro. Porque acabou que o Cruzeiro permaneceu na Série A e o América foi para a Série B”, concluiu. 

Comentários estão fechados.