Cruzeiro perde o Mineirão mais uma vez e motivo real é revelado

O torcedor do Cruzeiro bem irá recordar o tremendo desconforto entre o clube e o Mineirão na temporada do ano passado. Para se ter apenas uma ideia, a equipe celeste chegou a assinar um acordo com o América-MG para mandar suas partidas no Independência. 

Porém, com a temporada já em andamento, a diretoria do Cruzeiro chegou a um consenso com a Minas Arena, responsável legal pelo Mineirão, e voltou a atuar no Gigante da Pampulha. 

Neste ano, o Mineirão tem sido a principal casa do Cruzeiro no futebol. Destaca-se que a partida desta quinta-feira (16), contra o Unión La Calera, pela Sul-Americana, será disputada no Independência. Isso já estava previamente acertado, já que o Gigante da Pampulha receberá o show do tenor italiano Andrea Bocelli, no dia seguinte. 

Não bastasse na Sula, Cruzeiro perde Mineirão na Série A

A partida entre Cruzeiro x Cuiabá, marcada para o dia 26 de maio, pela oitava rodada da Série A do Brasileirão, não poderá ser disputada no Mineirão. A administração do estádio informou que o gramado passará por um processo de revitalização. Sendo assim, o duelo será no Independência.

Na segunda-feira passada (13), deu-se início ao procedimento de renovação do gramado do estádio do Mineirão, visando preservar a boa apresentação do campo durante o restante do ano. A volta do Cruzeiro ao Gigante da Pampulha será em 30 de maio, diante da Universidad Católica de Quito.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda em tempo, não custa lembrar que há a chance do Campeonato Brasileiro ser paralisado pela CBF. Representantes dos clubes vão se reunir no próximo dia 27 de maio para bater o martelo. A entidade já afirmou que acatará a decisão da maioria. 

Comentários estão fechados.