Cruzeiro define metas para a próxima janela de transferências

O Cruzeiro ainda tem 12 jogos para disputar no Brasileirão de 2023, mas não quer perder tempo e já está de olho na montagem do elenco para a temporada de 2024. Com pré-contrato assinado com o zagueiro Zé Ivaldo, que estava no Athletico-PR, a diretoria da Raposa já definiu as metas para a próxima janela de transferências.

Com prioridades já definidas para reforçar o elenco do técnico Zé Ricardo, o Cruzeiro ainda não finalizou o cálculo de quanto deve ser investido nas contratações. Para ter poder de investimento, o Cabuloso entende que é crucial terminar a Série A em uma boa colocação. Em caso de rebaixamento a realidade financeira do clube irá despencar novamente.

Assim, a prioridade de Ronaldo, Zé Ricardo e os executivos do clube é qualificar ainda mais o setor ofensivo. Na temporada de 2023 a Raposa pagou R$ 32 milhões para contratar os atacantes Arthur Gomes e Wesley, que estavam no Sporting (POR) e Palmeiras, mas não corresponderam como esperado.

Com bom sistema defensivo, o Cruzeiro se mostrou um time sólido, que sofre poucos gols (22 em 25 rodadas do Brasileirão), mas também apresenta muitas dificuldades de criar oportunidades, com apenas 42 gols marcados ao longo de todo o ano de 2023, sendo 24 no Brasileirão, que deixa a Raposa como o segundo pior da competição.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Cuiabá e Cruzeiro se enfrentam neste sábado, 14 de outubro, pela 26° rodada do Brasileirão, às 21 horas, na Arena Pantanal, em jogo isolado durante a Data Fifa. Com 32 e 30 pontos, as equipes estão perto da zona de rebaixamento. A Raposa é 15° colocada e tem apenas três de distância para o Vasco.

Comentários estão fechados.