Confira os goleiros que passaram pelo Cruzeiro desde 1998 até a chegada de Cássio

O Cruzeiro sempre foi um clube referência, quando o assunto se refere aos seus goleiros. Ao longo dos anos, diversos atletas da posição vestiram a camisa 1 da Raposa e deram grandes contribuições para o futebol brasileiro.

Agora, o jogador mais recente a defender a equipe de Belo Horizonte é Cássio, que veio do Corinthians. A chegada do goleiro deve atrair muitos palpites em casas de apostas nos jogos do Cruzeiro

Goleiros de destaque do Cruzeiro

Desde 1998, o time é referência no gol, tanto com os defensores, quanto com a equipe de treinos. Confira os principais destaques!

Dida

Em uma extensa lista de ídolos do Cruzeiro que ocuparam a posição de goleiro, desde o ano de 1998 até hoje, Nelson de Jesus da Silva, o Dida, é um dos maiores destaques. O ex-atleta baiano chegou na Raposa em 1994, vindo do Vitória, de Salvador, e ficou até 1999. 

Durante os cinco anos de contrato foram 209 jogos disputados, com as conquistas do Campeonato Mineiro (1994, 1996, 1997 e 1998), Copa Master da Supercopa (1995), Copa Ouro (1995), Copa do Brasil (1996), Libertadores (1997) e Recopa Sul-Americana (1998).

Gomes

Mineiro, Heurelho da Silva Gomes apareceu para o futebol brasileiro, antes de ir para a Europa, no Cruzeiro. Pelo clube mineiro, ele chegou até a disputar a Copa São Paulo de Juniores em 2002, mas ficou no banco de reservas. 

A estreia de Gomes no profissional foi também em 2002, ficando até 2004, quando se transferiu para o PSV Eindhoven, da Holanda. O goleiro levantou os seguintes troféus: Copa Sul-Minas (2001 e 2002), Campeonato Mineiro (2003 e 2004), Copa do Brasil (2003) e Campeonato Brasileiro da Série A (2003).

Artur Gomes

Artur Gomes, paulista do interior, foi um goleiro que pode não ter um lugar no coração dos cruzeirenses, porém conta com títulos importantes. Ele chegou à Toca da Raposa em 2003, onde ficou por quatro anos. Em Minas Gerais, o goleiro conquistou o Campeonato Mineiro (2003, 2004 e 2006), Copa do Brasil (2003) e Campeonato Brasileiro da Série A (2003).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Fábio

Hoje no Fluminense, Fábio está na história do Cruzeiro como um dos principais goleiros da instituição. A sua chegada aconteceu em 2005 e a partida em 2021. Durante este tempo foram 976 partidas, com muitos títulos. Foram eles: Copa do Brasil: (2000, 2017 e 2018), Campeonato Mineiro (2006, 2008, 2009, 2011, 2014, 2018 e 2019), Campeonato Brasileiro (2013 e 2014).

Fábio também coleciona um monte de recordes com a camisa cruzeirense. Entre eles, está o fato de ser o melhor jogador do Cruzeiro da década (2011-20), segundo a ESPN. 

Cássio no Cruzeiro

Antes de chegar ao Cruzeiro, o Cássio defendia o Corinthians — clube que defendeu de 2012 a 2024. A saída dele do Timão foi muito sentida pelos paulistas e, por outro lado, muito comemorada pelos mineiros.

No Alvinegro de São Paulo, Cássio usava a camisa 12, no entanto, na formação celeste, o número será 1. O contrato entre o jogador e a Raposa tem validade até o dia 31 maio de 2027. O valor de mercado atual do atleta é de 500 mil euros. 

Cássio, que chegou ao Cruzeiro há mais de uma semana, já vem treinando com os companheiros. A estreia só pode acontecer depois de 10 de julho — data que abre a janela de transferências no futebol brasileiro. Ele vem para substituir Rafael Cabral, que era bastante criticado pela torcida.

Opções de apostas no Cruzeiro e também em Cássio não faltam. Isso porque a Raposa disputa do Brasileirão da Série A e está garantido nas oitavas de final da Copa Sul-Americana.  Para fazer seus palpites, escolha um operador seguro, como a Bet365.

Comentários estão fechados.