Condições de pagamento à lá Supermercados BH fez Cruzeiro sacramentar compra de novo reforço

A verdade é que o Cruzeiro mudou a sua postura no mercado da bola após a chegada do empresário Pedro Lourenço à frente da SAF do clube. Vale lembrar que ele é o dono da rede Supermercados BH. Para se ter apenas uma ideia, até aqui, a diretoria anunciou os três primeiros reforços da janela de julho. 

O primeiro a desembarcar na Toca da Raposa foi o goleiro Cássio, que, aliás, está treinando com o resto do elenco. Destaca-se que ele só poderá entrar em campo em uma partida oficial a partir de 10 de julho. 

O segundo reforço confirmado pelo Cruzeiro foi o atacante Kaio Jorge, que deixou a Juventus, da Itália, para assinar por cinco temporadas com a equipe mineira. O jovem tem apenas 22 anos. No mesmo dia, o clube mineiro anunciou um acordo verbal com o centroavante Lautaro Díaz, que é esperado na Toca da Raposa na semana que vem para realizar exames e assinar por quatro anos com a equipe. 

Cruzeiro fecha com novo reforço

O fato é que, de todas as contratações feitas pelo Cruzeiro, a de Kaio Jorge é, de longe, a maior. O atleta custará ao clube até R$ 41,5 milhões, entre valores fixos e metas esportivas definidas em contrato. No entanto, Pedrinho usou algumas condições específicas de pagamento para baratear custos da operação e, com isso, fechar com mais um reforço para a Raposa. 

A operação final acertada entre os clubes foi de 7,2 milhões de euros, O pagamento, contudo, será feito pelos próximos três anos. De acordo com informações do Globo Esporte (ge), o valor fixo pago será de 4,5 milhões de euros, ou seja, aproximadamente R$ 25,7 milhões. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O restante do valor está condicionado ao desempenho do atacante e também com convocações para a Seleção Brasileira. Kaio, não custa lembrar, foi campeão do Mundo com o Brasil na categoria Sub-17, em 2019.

Na rede Supermercados BH, a quinta maior do Brasil, Pedro Lourenço adota uma estratégia parecida, já que, desde a inauguração da primeira unidade, em 1996, a empresa aposta no volume de vendas, ainda que, para isso, tenha que reduzir a sua margem de lucro com os produtos.

Comentários estão fechados.