Atlético Mineiro está pensando em pagar R$ 10 milhões por um novo técnico

A situação do Atlético-MG não é das mais favoráveis neste momento. Afinal de contas, o clube anunciou a demissão do técnico Felipão às vésperas da final do Campeonato Mineiro e pouco antes da estreia do time na Libertadores de 2024. Agora, a diretoria está em busca de um novo treinador. 

Alguns nomes estão na pauta do Alvinegro, outros já foram descartados. Um dos cotados para a vaga foi o português Pedro Caixinha, do Red Bull Bragantino. Acontece que o Atlético se esbarrou em uma multa rescisória de R$ 10 milhões e, além disso, ouviu do comandante que o seu desejo é seguir na equipe de São Paulo

Atlético Mineiro pertinho de assinar com antigo sonho do Cruzeiro

O fato é que a prioridade do Atlético-MG no mercado da bola tem nome e sobrenome: Gabriel Milito. Não custa lembrar que o treinador argentino chegou a ter conversas avançadas para assumir o Cruzeiro neste ano, antes da chegada de Nicolás Larcamón. No entanto, as partes não chegaram a um acordo sobre os valores a serem repassados para a comissão técnica. 

Do lado do Atlético, vale dizer que, de acordo com informações do Globo Esporte (ge), Victor Bagy, ex-goleiro e atual diretor executivo de futebol do clube, embarcou para a Argentina nesta sexta-feira (22) para estreitar os laços com Milito. Há otimismo entre as partes para que o desfecho seja anunciado.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda em tempo, não custa recordar que Cruzeiro e Atlético-MG decidem o título Estadual neste ano. A partida de ida acontecerá no dia 30 de março, um domingo, às 16h30, na Arena MRV. A volta será no Mineirão, em 7 de abril, também um domingo, às 15h30.

Comentários estão fechados.