Atlético-MG fica de mãos atadas e futuro de Felipão será decidido na Justiça

O Atlético-MG vive situação delicada com a justiça desportiva e ficou sabendo do futuro do treinador Felipão, que foi punido duas vezes pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por expulsões durante os jogos no Brasileirão de 2023.

Por causa das expulsões contra o América-MG e Grêmio o treinador tomou quatro jogos de punição, dois em cada jogo. Felipão já cumpriu metade da pena antes da Data Fifa e ainda vai ficar de fora em mais duas partidas para finalizar a ordem da justiça esportiva.

A direção do rival do Cruzeiro tenta a sorte na próxima segunda-feira (18), quando o treinador será julgado pelo STJD e pode vir a ser absolvido. Na próxima rodada do Brasileirão, sem Felipão na beira do campo, o Galo encara o líder Botafogo na Arena MRV, em Belo Horizonte.

Contratado após a saída de Eduardo Coudet, Felipão viveu crise interna no clube pela falta de resultados, mas encontrou o time e teve duas vitórias recentes. O time é 9° na tabela com 31 pontos e vive situação tranquila distante da zona de rebaixamento.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Cruzeiro volta a campo nesta quinta-feira (14), na estreia do técnico Zé Ricardo, na Vila Belmiro, contra o Santos, pela 23° rodada do Brasileirão, às 19 horas. Sem vencer há oito jogos, o clube vive situação delicada e precisa vencer para se afastar da zona da degola.

Comentários estão fechados.