Atlético fica sem Hulk e precisará encontrar nova dupla ofensiva

O Atlético-MG vive momento de instabilidade na temporada de 2024, não está tendo mais dias de lua de mel sob o comando de Gabriel Milito e agora vai precisar encontrar nova dupla ofensiva, já que ficou sem Hulk, fora de combate se recuperando de lesão e tem confronto importante em breve. A partida contra o RB Bragantino acontece nesta terça-feira (11), em Bragança Paulista, às 21h30, pelo Brasileirão.

Sem Hulk, o Atlético pode ter dupla de ataque o atacante Paulinho e o jovem Cadu, formado na base do Galo. Artilheiro do Atlético em 2023, com 31 gols em 61 jogos, Paulinho será o comandante da equipe, enquanto Cadu busca espaço e vai buscar ser lembrado pelo treinador para o futuro. Apesar da juventude, Cadu deu entrevista recente chamando a responsabilidade.

“A responsabilidade sempre vai vir – e tem que ter. A gente que sobe da base espera tanto essa oportunidade… Quando tem, a gente tem que aproveitar da melhor forma possível. O que eu peço aos torcedores é que mantenham a paciência, mas que mantenham também a cobrança, porque a gente vai subir e vai mostrar o nosso melhor. Sempre tentar corresponder à altura.”, disse Cadu.

O Galo é o décimo colocado na tabela do Brasileirão com 10 pontos, enquanto o Bragantino é sexto lugar com 12.

Dono do Cruzeiro ativa o modo sincerão para falar sobre Yerry Mina

Em entrevista recente, Pedro Lourenço abriu o jogo sobre as negociações do Cruzeiro com o zagueiro colombiano. O empresário considera a negociação difícil e complexa, mas a direção do clube não vai medir esforços para traze-lo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Podem vir e vão vir (mais reforços). Não sei os nomes exatos. O Mina, acho que tem uns dez clubes querendo dele. É bem difícil o Alexandre conseguir, mas temos outras opções no mercado. Esperamos que na janela venham mais dois ou três para melhorarmos o nosso plantel”, disse Pedro Lourenço ao programa CNN Esportes S/A, da CNN.

Comentários estão fechados.