Aos 89 anos, morre o lendário narrador Silvio Luiz

Um dia triste para o futebol. Silvio Luiz, locutor esportivo e uma das vozes mais emblemáticas do esporte, faleceu na manhã desta quinta-feira (16) em São Paulo, aos 89 anos, em decorrência de falência de múltiplos órgãos. Silvio era casado com a cantora Márcia desde 1980 e deixa três filhos: Alexandre, Andréa e André.

A carreira de Silvio Luiz na comunicação televisiva teve influência da irmã, a ex-atriz Verinha Dercy, morta aos 32 anos, vítima de feminicídio. Silvio, não custa lembrar, participou de duas novelas como ator ao lado da irmã (Éramos Seis e Cela da Morte).

Relembre a carreira de Silvio Luiz

Um fato curioso da carreira de Silvio Luiz é que, antes de se consolidar como um dos maiores locutores de futebol do Brasil, ele foi árbitro entre o fim da década de 1960 e o início dos anos 1970. 

No entanto, como mencionado, foi como narrador que Silvio Luiz alcançou o estrelato, tendo participado de diversas Copas do Mundo. O que ficará marcado na memória dos fãs é a alegria de Silvio durante as narrações, com bordões que mudaram a história da locução esportiva. Relembre alguns:

  • “Olho no lance, éééé…”
  • “Confira comigo no replay”
  • “Pelas barbas do profeta”
  • “O que eu vou dizer lá em casa?”
  • “Pelo amor dos meus filhinhos”
  • “Balançou o capim no fundo do gol”
  • “Foi, foi, foi, foi ele… o craque da camisa número…”

O fato é que o dia 16 de maio de 2024 será lembrado com muita tristeza no futebol brasileiro. Afinal de contas, além de Silvio Luiz, morreu, na madrugada desta quinta, o jornalista Antero Grego, aos 69 anos. Ele estava internado no hospital Beneficência Portuguesa, tratando um tumor no cérebro. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O velório acontecerá nesta quinta-feira, a partir do meio-dia. O sepultamento está previsto para às 16h, em um cemitério na região central de São Paulo.

Comentários estão fechados.