(11/05): Você precisa ver esta atualização sobre o Processo de Recuperação Judicial do Cruzeiro

Não seria exagero dizer que uma das maiores vitórias durante a gestão de Ronaldo no Cruzeiro foi a implementação do regime de Recuperação Judicial do clube. Grosso modo, a estratégia adotada por empresas que estão à beira da falência.

No caso do Cruzeiro, o clube apresentou uma lista extensa com todos os credores da Raposa. Em seguida, um plano para quitar os débitos foi apresentado aos próprios credores. Após votação, o projeto foi aprovado e o Cruzeiro definitivamente entrou em regime de Recuperação Judicial.

O fato é que, com o aceite, o clube ganha uma maior estabilidade para fazer investimentos, já que suas dívidas estão congeladas como Tais credores e há um novo acordo para quitar o débito. Bom, isso pelo menos em tese. 

Atualização na Recuperação Judicial do Cruzeiro é de cair o queixo

Isso porque durante esta semana um dos credores do Cruzeiro acionou a justiça para cobrar um reajuste no valor que teria a receber do clube. A saber, estamos falando de Rogério Ceni, técnico que comandou o time por cerca de dois meses durante a fatídica temporada de 2019.

Rogério Ceni conseguiu levar o valor que tem a receber do clube mineiro para mais de 3 milhões de reais. Inicialmente, no plano apresentado pelo Cruzeiro, o treinador teria direito a receber pouco mais de um milhão de reais. Para ser mais preciso, o clube celeste o devia R$ 685.255,66 em dívidas trabalhistas e mais R$ 300.605,58 em direitos de imagem.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Desta forma, nota-se que Rogério Ceni conseguiu aumentar consideravelmente o valor que tem a receber do Cruzeiro. Destaca-se que ainda Cabe recurso e as partes podem chegar a um consenso. 

Comentários estão fechados.