Zé Ricardo vai treinar um time tão distante do Brasil que pode sofrer com fuso horário

O técnico Zé Ricardo, que trabalhou no Cruzeiro entre setembro e novembro de 2023, foi demitido do clube por falta de resultados e agora vai treinar time tão distante e inusitado que pode fazer o treinado sofrer com fuso horário. Depois que deixou o Cabuloso, Ricardo esteve no Goiás, mas durou pouco e agora foi contratado por equipe japonesa.

Ainda livre no mercado, Zé Ricardo está sendo sondado pelo Tokushima Vortis, do Japão, e pode ir trabalhar há 12 horas de distância do país. A equipe que disputa a J-League 2, segunda divisão do Campeonato Japonês, fez pesquisa pelo treinador, que é conhecido no país por outra passagem e o acerto pode ser concretizado nos próximos dias.

O último trabalho de Zé Ricardo foi à frente do Goiás, sendo demitido após eliminação no Campeonato Goiano. O treinador de 52 anos também já trabalhou no Flamengo, Vasco, Botafogo, Fortaleza, Internacional, Cruzeiro, além de equipes do Japão e Qatar.

Pelo Cruzeiro, Zé Ricardo disputou apenas dez jogos, com três vitórias (Santos, Atlético-MG e Bahia), cinco derrotas (Fluminense, Flamengo, São Paulo, Inter e Coritiba) e dois empates (América-MG e Cuiabá). Após a saída, a Raposa optou por continuar com Paulo Autuori de interior até o final do ano de 2023, que conseguiu livrar a equipe do rebaixamento.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Depois da saída de Zé Ricardo, o Cabuloso já teve Paulo Autuori e Nico Larcamón no comando. Atualmente Fernando Seabra está a frente da equipe e tem confronto importante no próximo sábado, contra o Internacional, às 20 horas, pela quinta rodada do Brasileirão.

Comentários estão fechados.