Zé Ricardo passou tremenda vergonha em Goiás e precisou admitir

Zé Ricardo teve um curta passagem pelo Cruzeiro na temporada passada. Anunciado pelo clube para ser o substituto do técnico Pepa, o treinador não durou muito tempo no cargo. Ao todo, foram dez jogos pela Raposa e um aproveitamento de 36,66%. Foram três vitórias, cinco derrotas e dois empates. 

Neste ano, o treinador tem a missão de conduzir o Goiás de volta à Série A do Brasileirão. No entanto, Zé Ricardo já sofreu o primeiro grande golpe na temporada, ao ser eliminado pelo Goiânia, na Serrinha. Sua equipe não conseguiu se impor diante do rival e acabou caindo de forma precoce no Estadual. 

Zé Ricardo dá o braço a torcer e admite vexame

Após a partida, Zé Ricardo precisou admitir que o time não foi bem contra o rival. “Não fizemos uma partida dentro daquilo que estávamos apresentando. Precisamos refletir, tentar descansar após o dia de hoje e seguir em frente, pois o próximo passo é se preparar melhor”, disse.  

O fato é que a eliminação para o rival fez aumentar ainda mais a desconfiança da torcida com o treinador e com questões internas do clube. Zé Ricardo preferiu não comentar sobre os bastidores do Goiás e fez o feijão com arroz afirmando que a equipe precisa continuar trabalhando. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Vale lembrar que, após a saída de Zé Ricardo do Cruzeiro, a diretoria alçou Fernando Seabra do Sub-20 ao profissional e, de quebra, tirou Paulo Autuori do quadro de diretoria para levá-lo à beira de campo. A parceria deu certo e a Raposa evitou o rebaixamento. Além disso, o time ficou com uma das vagas na Sul-Americana de 2024. 

Comentários estão fechados.