Zé Ricardo mal chegou no Goiás e já está reclamando do elenco que tem

O técnico Zé Ricardo, que trabalhou no Cruzeiro entre os meses de setembro e novembro de 2023, mal foi contratado para o Goiás e já está reclamando do elenco que tem a disposição. Contratado para o clube goiano em dezembro de 2024 para liderar a reformulação de 2024 após ser rebaixado para a Série B, o treinador fez reclamações nos últimos dias do que está podendo escalar nas partidas.

Aos 52 anos, Zé Ricardo já trabalhou em Vasco, Flamengo, Botafogo e Internacional, além do Cruzeiro, seu último trabalho antes do Goiás. Ao lado de Agnello Gonçalves, o treinador preparou o elenco do Esmeraldino para 2024, mas não está satisfeito com as peças que chegaram até o momento.

Querendo voltar à Série A, a torcida do Goiás está sendo super exigente neste começo de 2024. Após a partida contra a Aparecidense, no sábado (27), Zé Ricardo deu resposta forte na entrevista coletiva, onde afirmou que o clube vai trazer mais jogadores para qualificar o plantel.

“Estamos buscando, estamos numa reformulação, não é fácil a gente ter a saída de vários jogadores importantes como tivemos e a chegada de outros, dentro das oportunidades que tivemos e o mercado ofereceu, e a gente entendeu que agregava valor para gente, montar uma equipe dentro do campeonato”, disse Zé Ricardo.

Ainda na resposta, o técnico diminuiu o peso da falta da resultados pelo pouco tempo de trabalho. “Temos 21 dias de trabalho e quatro jogos, não é desculpa, precisamos trabalhar bastante, a diretoria sabe disso e estão contratando, estão visando a qualidade sem fugir do orçamento do clube. Sabemos da responsabilidade de voltar para a Série A e vamos fazer isso”, finalizou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Contratado para o Cruzeiro após a saída de Pepa, Zé Ricardo comandou o clube por menos de dois meses. No período, o treinador disputou 10 partidas, com três vitórias (Santos, Atlético-MG e Bahia), cinco derrotas (Fluminense, Flamengo, São Paulo, Inter e Coritiba) e dois empates (América-MG e Cuiabá). Após perder para o Coxa por 1 a 0, o técnico foi demitido, na 17° colocação com 37 pontos.

Comentários estão fechados.