Zagueiro se defende de “armação” envolvendo o Cruzeiro

Anunciado pelo Cruzeiro nesta janela de transferências, o zagueiro Lucas Villalba precisou se defender de uma suposta “armação” que teria feito antes de chegar ao time celeste. Vale dizer que não se trata de nenhum esquema ilícito, apenas de um suposto spoiler dado pelo defensor pouco antes de ser anunciado. 

Isso porque, antes de ser apresentado pelo Cruzeiro, o defensor argentino postou uma foto do afilhado com a camisa celeste nas redes sociais. É claro que o fato chamou atenção e, durante a sua coletiva, o jogador precisou se explicar. 

Villalba explica foto com camisa do Cruzeiro

De acordo com Villalba, nada do que aconteceu foi armado. O atleta afirmou que não sabia naquele momento onde jogaria, e que foi uma feliz coincidência. Tudo se passou durante a festa de aniversário de sua afilhada. 

“Nesse momento eu não sabia onde eu ia jogar. Era o aniversário da minha afilhada. Eu levei o meu filho com a camiseta do Argentino Júnior, e se juntou com o meu afilhado. Então, estávamos jogando futebol e fizemos uma foto todos juntos. Assim aconteceu. Não foi armado, não foi preparado, simplesmente se juntaram. Um estava com a camiseta do River, outro com o Argentino Júnior, onde eu jogava, e meu afilhado estava com a do Cruzeiro. Incrível!”, disse.

Imagem do WhatsApp de 2024 03 01 as 13.02.18 a40cd8e8 1
Foto postada por Villalba no Instragram

Villalba chegou ao Cruzeiro através de um empréstimo de uma temporada. O clube mineiro terá a opção de compra ao final do vínculo com passe fixado. Vale dizer, inclusive, que o zagueiro já entrou em campo pela primeira vez com a camisa celeste. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Lucas Villalba foi acionado por Larcamón no segundo tempo da vitória por 2 a 0 sobre o Pouso Alegre. A tendência é que o zagueiro ganhe mais minutos em campo neste sábado (2), quando o Cruzeiro enfrentará o Uberlândia, no Mineirão, às 16h30, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Mineiro. 

Comentários estão fechados.