Willian, ex-Cruzeiro, não guarda mais nada e responde sobre caso das criptomoedas

O atacante Willian, que atualmente está jogando no Santos, teve passagem marcante no Cruzeiro sendo bicampeão brasileiro em 2013 e 2014, resolveu não guardar mais nada e respondeu sobre caso das criptomoedas. No começo de 2023, o jogador de 37 anos se envolveu em polêmica por supostamente gerar prejuízo milionário ao meia Gustavo Scarpa, do Galo, e para o lateral Mayke, do Palmeiras.

Acusado pelos antigos colegas de clube por ter feito um golpe financeiro de R$ 10,4 milhões, William ficou calado por um ano, mas resolveu falar nos últimos dias. “Vou ser direto e objetivo. É um assunto que eu trato externamente, uma situação que nunca passei nem próximo, uma situação de muita tristeza, constrangimento muito grande. O mais importante é focar naquilo que minha família depende, que é o que faço com muito amor.”, disse o atacante.

Contratado pelo Santos para ser um dos pilares do time na Série B, William afirmou estar preparado para o desafio. Aos 37 anos, o jogador foi campeão por Corinthians, Cruzeiro, Palmeiras, Fluminense e Athlético. “Acredito que Deus está preparando o momento certo para vir para cá (Santos), conhecer meus novos companheiros no Santos. Estou feliz e convicto de que as coisas acontecerão aqui dentro.”, explicou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Deixando os problemas no passado, o atacante afirmou estar bem para poder ajudar o Santos. “A cabeça está ótima aqui, estou com a cabeça boa. É uma situação que não é normal, mas é uma situação que não vou falar mais. Sei do meu caráter, da minha identidade, quem eu sou, e quero manter focado no meu trabalho”, completou.

No Cruzeiro, William foi campeão brasileiro em 2013 e 2013, além de vencer o Campeonato Mineiro em 2014. O jogador disputou mais de 170 partidas com 38 gols marcados.

Comentários estão fechados.