URGENTE: Profissional ligado ao Cruzeiro vai disputar competição de várzea

Ronaldo Fenômeno assumiu o comando do Cruzeiro em dezembro de 2021. Porém, muito antes disso, o gestor já havia se tornado dono do Real Valladolid, da Espanha. O fato é que ele conta com braços-direitos para ajudá-lo em ambos os clubes. Um deles é Elias. 

Em favor da verdade, Elias não tem um cargo fixo nas equipes. Segundo Ronaldo, ele é o Chief Scout. “Ele fica por cima de tudo, comigo e Paulo André. É uma espécie de secretário técnico, por cima dos clubes. Dá visão dos secretários de baixo, dos clubes”, disse. 

Ligado ao Cruzeiro, Elias vai parar no futebol de várzea

Elias construiu uma significativa carreira no futebol, tendo escrito seu nome na história de grandes clubes, como o Corinthians e Sporting, e de equipes não tão grandes assim, como o Atlético-MG, rival da Raposa no estado. 

Agora, Elias está de volta ao campo. O ex-meia foi anunciado pelo Jardim Verônica, equipe que disputa a Super Copa Pionner, conhecida como a “Champions League da Várzea”. Vale dizer que Bruno César também foi anunciado pelo clube. 

Não custa lembrar que eles chegaram a atuar juntos em 2010, ano do centenário do Corinthians. Bruno César começou aquele ano no Santo André, mas foi negociado com o alvinegro paulista. Contudo, não foi uma temporada proveitosa. 

Naquele ano, o Corinthians sequer chegou à semifinal do Campeonato Paulista. Além disso, caiu nas oitavas de final da Libertadores. No Brasileirão, teve mais sucesso, encerrando o torneio na terceira colocação geral. Vale destacar que Ronaldo estava em campo também. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Polêmica com Elias no Cruzeiro

No final da temporada do ano passado, a torcida celeste ficou na bronca com Elias. Isso porque o ex-jogador marcou presença na festa de despedida de Fábio Santos, enquanto o Cruzeiro lutava para não cair. Em entrevista ao jornalista Samuel Venâncio, Ronaldo deixou claro que não viu nada demais no ato, já que Elias sempre foi um ‘bom profissional’.

Comentários estão fechados.