Urgente (27/2): FIFA marca julgamento envolvendo o Cruzeiro e ex-jogador

O Cruzeiro está na pauta de um julgamento da FIFA marcado para abril. O caso está ligado ao repasse de parte do valor da venda do lateral Orejuela, em 2021, para o São Paulo. Isso porque o Ajax, da Holanda, cobrou o repasse no Tribunal. 

O julgamento está marcado para 30 de abril. A ação, como mencionado, foi movida pelo clube holandês. O Ajax cobra o repasse referente a 50% da venda feita pelo Cruzeiro ao São Paulo, no início de 2021, por 2 milhões de euros.

Isso ocorre porque, quando o Cruzeiro comprou Orejuela, em novembro de 2019, firmou o compromisso de repassar metade do valor da revenda futura. Isto é, 1 milhão de euros, o que hoje está avaliado em R$ 5,4 milhões. 

A passagem de Orejuela pelo Cruzeiro

Vale dizer que o caso também está incluído no Plano de Recuperação Judicial do Cruzeiro. No acordo, o clube mineiro informou que realizou todo o pagamento ao Ajad da compra de 2019, mas deixou de repassar a metade do valor ao clube holandês da venda ao São Paulo.

Em sua passagem pelo Cruzeiro, Orejuela entrou em campo em 35 partidas e marcou dois gols. Após o rebaixamento à Série B do Brasileirão, o lateral foi emprestado ao Grêmio, sem sucesso. Em seguida, voltou ao Cruzeiro em 2021, mas foi vendido ao São Paulo ainda no primeiro trimestre daquele ano. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Não custa dizer que, atualmente, o dono da lateral-direita do Cruzeiro é William, que, em favor da verdade, tem sido um dos grandes destaques do clube desde a temporada do ano passado. 

Comentários estão fechados.