Torcida do Cruzeiro mobiliza invasão celeste em Brasília no jogo contra a Chapecoense

Na saga rumo a Série A, o Cruzeiro terá um jogo como mandante longe de seus domínios no sábado (13), no qual enfrenta a Chapecoense em Brasília. A partida foi levada a Arena BRB Mané Garrincha devido aos dois estádios de Belo Horizonte sediarem um evento no mesmo dia da partida.

Com o deslocamento da partida para capital federal, inicialmente, anularia um dos pontos mais fortes da Raposa no ano, o fator casa. Invicto em BH, a nação celeste promete repetir o show que vem fazendo rodada após rodada, já tendo comprado dez mil ingressos para a partida em Brasília. No primeiro turno o Cruzeiro levou a melhor na Arena Condá, vencendo por 2 a 0.

Invasão celeste e possibilidade do Cruzeiro quebrar recorde

A atual fase da Raposa tem mobilizado a torcida nos jogos fora de casa, exemplo disso foi na partida contra o Vasco no Rio de Janeiro, em que a nação celeste comprou todos os 4 mil ingressos disponibilizados. No entanto, agora o Cruzeiro vai para longe da torcida mesmo como mandante.

Anotando uma das melhores médias de público da temporada, a Raposa não conseguirá ter o fator casa tão intenso quanto na capital mineira. Porém, o torcedor cruzeirense ainda sim irá comparecer em peso, faltando uma semana para o confronto já foram vendidos 10 mil ingressos para a partida contra a Chapecoense no sábado (13), na Arena BRB Mané Garrincha.

Além de ser mais um capítulo rumo ao tão esperado retorno a Série A, a partida pode representar uma marca histórica para o clube e a competição. Caso o Cruzeiro vença o Tombense, a Raposa chega para o jogo contra a Chape podendo virar recordista de vitórias consecutivas como mandante na Série B, empatando o feito do Atlético, seu grande rival, na campanha de 2006.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.