Time da Inglaterra entra em contato e vai enviar milhões ao Cruzeiro após venda

O Cruzeiro pode receber uma boa quantia com a negociação do atacante Igor Thiago pelo Club Brugge, da Bélgica. Revelado nas categorias de base da Raposa, o jogador tem sido um dos maiores destaques da Europa. Para se ter uma ideia, ele marcou 27 gols em 38 jogos por sua equipe, o que despertou o interesse de diversos times mundo afora. 

O Club Brugge, aliás, espera que Igor Thiago se torne a venda mais cara da história da equipe, posto que atualmente pertence a negociação de Charles De Ketelaere ao Milan, em 2022. O atleta foi vendido por algo em torno de 30 milhões de Euros. 

Quanto o Cruzeiro pode receber?

De antemão, vale dizer que o Cruzeiro não detém mais nenhum percentual dos direitos econômicos do atacante. Sendo assim, o clube mineiro teria direito apenas à porcentagem repassada através do mecanismo de solidariedade da FIFA. 

Vale lembrar que Thiago foi a primeira venda da SAF de Ronaldo no Cruzeiro. Em fevereiro de 2022, o clube negociou o atacante com o Ludogorets, time da Bulgária, por R$ 3,3 milhões. Em seguida, o clube desembolsou mais R$ 3,6 milhões por 25% dos direitos que ainda pertenciam ao Cruzeiro. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Porém, em junho do ano passado, o jogador acertou sua ida ao Club Brugge por cerca de R$ 39,2 milhões. O Cruzeiro recebeu apenas R$ 1,6 milhão desse valor, pelo mecanismo da FIFA. Considerando todas as transações, Thiago rendeu aos cofres do Cruzeiro algo em torno de R$ 8 milhões.

Agora, com uma eventual venda milionária de Thiago pelo Club Brugge, o Cruzeiro pode ser beneficiado mais uma vez. Contudo, deve-se dizer que a saída precoce do atacante não foi um negócio vantajoso ao clube mineiro. 

Comentários estão fechados.