Terror do Brasil sofre lesão grave e pode ficar até dois anos longe dos gramados

Após sete meses parado por conta de uma grave lesão, o goleiro belga Courtois voltou aos treinos no Real Madrid há pouco mais de uma semana e se lesionou novamente. O jogador deixou o treinamento da última terça-feira (19) aos prantos. A informação foi revelada pelo jornal “Marca”. Logo em seguida, o time espanhol confirmou a lesão no menisco interno no joelho direito. 

Através das redes sociais, Courtois comentou sobre a nova lesão e a classificou como ‘contratempo’. Ele recebeu diversas mensagens de apoio dos companheiros e de ex-colegas de Real Madrid, como Vini Júnior, Marcelo, Isco e outros mais.

“Obrigado a todos pelas mensagens. Triste por uma lesão que é apenas um pequeno contratempo que o fará voltar muito mais forte. Sentir o apoio de vocês me faz lidar muito melhor”, escreveu.

Terror do Brasil na Copa, Courtois está fora de Champions

Como mencionado, Courtois estava fora de combate desde 10 de agosto do ano passado, quando sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e precisou passar por cirurgia. O goleiro só voltou a treinar com o grupo em 8 de março deste ano.

Com a volta aos treinos, o treinador Carlo Ancelotti imaginou que poderia contar com o arqueiro para os jogos contra o Manchester City, nas quartas de final da Champions League. A nova lesão foi um balde de água fria no técnico merengue. O fato é que, somadas as lesões, Courtois pode acabar ficando fora de partidas oficiais por até dois anos. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda em tempo, não custa lembrar que Courtois foi o grande nome da Bélgica na classificação em cima do Brasil na Copa do Mundo de 2018. Naquele jogo, o goleiro teve uma atuação de gala, com direito a defesaça nos acréscimos.

Comentários estão fechados.