Temporada mal começou e Cruzeiro já possui números melhores que em 2023

A temporada do Cruzeiro ainda está só começando. Nesta quinta-feira (30), a equipe celeste entrará em campo para encarar o Universidad Católica de Quito, no Mineirão, às 21h, em jogo que vale a liderança do Grupo B da Sul-Americana e, consequentemente, a classificação às oitavas de final. 

Como mencionado, o duelo acontecerá no Gigante da Pampulha, que certamente receberá um grande público na quinta-feira. De acordo com o último balanço divulgado pela Raposa, até o momento, mais de 35 mil ingressos já foram comercializados para a decisão. 

Cruzeiro supera números de 2023 com apenas 10 jogos

Aliás, vale dizer que, neste ano, o fator “casa” tem sido crucial para o Cruzeiro, diferente da temporada do ano passado. Para se ter uma ideia, a vitória contra o Unión La Calera, no Independência, no último dia 16 de maio, foi a sexta da Raposa na condição de mandante em 2024. 

Ao longo de todo o ano passado, o Cruzeiro conseguiu apenas cinco vitórias diante de sua torcida. Ao todo, foram 26 partidas em casa. Nesta temporada, em 10 jogos como mandante, o time tem seis vitórias. Isto é, o aproveitamento da Raposa saltou de 19% para 60%. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Para garantir a classificação direta às oitavas de final da Copa Sul-Americana, o Cruzeiro precisa apenas de uma vitória simples na quinta-feira. Para o duelo deste meio de semana, o técnico Fernando Seabra não poderá contar com o atacante Arthur Gomes, preservado após sentir um incômodo muscular. 

Não custa dizer que a tendência é que o treinador escale Álvaro Barreal para o setor ofensivo. Nos últimos jogos, o argentino vinha atuando mais centralizado ao lado de Arthur Gomes.

Comentários estão fechados.