Técnico do Cruzeiro, Paulo Pezzolano pode sofrer grave punição

O técnico do Cruzeiro, Paulo Pezzolano, será julgado na próxima terça-feira, dia 15 de Março, em relação a sua expulsão na partida contra o Villa Nova. A punição pode chegar até seis jogos, o que deixaria o treinador de fora do restante do Campeonato Mineiro 2022.

O comandante do Cruzeiro esta sob julgamento incluso no Artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que fala em “assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código”.

Paulo Pezzolano, na partida contra o Villa Nova, recebeu cartão amarelo logo após um dos gols da equipe celeste na partida, por reclamar com a arbitragem, mas segundo o uruguaio, ele se direcionava aos seus jogadores. Após o amarelo, Pezzolano perdeu a cabeça com o árbitro e acabou sendo de vez expulso.

“Expulsei com cartão vermelho direto o treinador da equipe do Cruzeiro Esporte Clube por me peitar, após ser advertido com cartão amarelo por desaprovar das decisões da arbitragem”, relatou a súmula de Antonio Márcio Teixeira da Silva.

Cruzeiro x Villa Nova

O Cruzeiro recebeu no domingo, dia 20 de fevereiro, o Villa Nova na Arena Independência, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Mineiro. Com inovações na escalação, e dificuldades ao longo da partida, a Raposa e o time do Nova Lima ficaram no empate por 2×2.

O Villa Nova foi quem abriu o placar, mas com um gol contra, aos 16 minutos, após cruzamento na área celeste, o jovem Geovane tentou cortar a bola, mas acabou mandando contra a própria meta.

O empate foi rápido para o Cruzeiro, aos 17, Vitor Roque aproveitou rebote de Glaycon, e só teve que empurrar a bola para o fundo das redes. Foi o primeiro gol de Vitor no profissional do clube.

Contudo, aos 33, o Villa voltou a obter a vantagem da partida, depois de sobra do escanteio cobrado, Wesley fez um leve desvio, suficiente para marcar o 2 gol do time visitante. Não muito diferente das últimas ocasiões, o gol decisivo da partida foi de Edu, atacante da Raposa.

14 minutos depois de entrar no lugar de Waguininho, o artilheiro do clube na temporada finalizou forte, sem chances de defesa, e definiu o resultado do duelo.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.