STJD recebe denúncia contra o Cruzeiro em jogo da Série A

O Cruzeiro não entrou em campo pela última rodada da Série A do Brasileirão, já que teve o duelo contra o Internacional adiado por conta da tragédia que assola o Rio Grande do Sul. No entanto, o clube celeste recebeu uma notícia retroativa. 

Cruzeiro e Vitória foram denunciados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva por conta de um atraso no intervalo da partida entre as equipes. Não custa lembrar que o duelo aconteceu pela 3ª rodada do Brasileirão, no Mineirão, e terminou com triunfo celeste por 3 a 1. 

Cruzeiro pode peder mando de campo? Confirmamos

De acordo com o documento publicado na última quarta-feira (8), Cruzeiro e Vitória serão julgados com base no artigo 206 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que versa sobre “dar causa ao atraso do início da realização da partida”.

A pena prevista para casos desta natureza é de multa, que pode variar de R$ 100 até R$ 1.000 por minuto de atraso. De acordo com a súmula do árbitro Fábio Augusto Santos, as equipes começaram o segundo tempo três minutos depois do horário previsto. O julgamento será no dia 14 de maio. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Antes disso, no entanto, o Cruzeiro voltará a campo para encarar o Atlético-GO, em jogo da sexta rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. A partida será disputada neste domingo (12), às 16h, na casa do adversário. 

Neste momento, o Cruzeiro é o 10º colocado na tabela, com sete pontos e um jogo a menos. Ao todo, a Raposa disputou cinco quatro partidas na Série A, com duas vitórias, um empate e uma derrota.


Comentários estão fechados.