Situação envolvendo James Rodríguez deixa colegas de profissão emocionados em campo

Alguém há de estudar o que acontece com James Rodríguez ao vestir as cores da camisa da seleção da Colômbia. De antemão, vale destacar que a equipe avançou à final da Copa América ao vencer, na noite da última quarta-feira (10), o Uruguai, por 1 a 0. O meia, aliás, anotou a assistência para o gol de Lerma.

A final da Copa América será no próximo domingo, 14 de julho, às 21h, entre Colômbia x Argentina. Não custa dizer que esta é a primeira decisão da seleção colombiana desde 2001, ano do único título do time no torneio continental.

“Um jogo muito complicado, contra o rival duro, mas a gente merecia a final. Para mim, são quase 13 anos aqui querendo isso”, disse James, emocionado pela classificação.

James Rodríguez supera Messi e pode deixar pra trás ídolo do Cruzeiro

Nesta edição da Copa América, James Rodríguez chegou a seis assistências e um gol marcado. A favor do fato, esta é a melhor marca desde 2011, quando começaram a ser computadas as estatísticas do torneio. Para se ter uma ideia, o meia superou os cinco passes para gol que Messi anotou na campanha do título da Argentina de 2021.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Vale dizer que, se tiver mais uma assistência na final, James Rodríguez irá superar a marca de Alex, ídolo do Cruzeiro, na Copa América de 2004, quando a Seleção Brasileira conquistou o título.

Ainda em tempo, Luis Díaz, parceiro de James na Copa América, também se emocionou ao falar sobre o craque colombinado. Isso porque, como se sabe, o meio-campista vem de um momento de baixa. No São Paulo, o jogador pouco tem atuado desde a temporada passada.

Comentários estão fechados.