Site traz relato assustador do que está acontecendo em mansão de Pelé

Maior jogador de futebol da história, o Rei Pelé morreu no final de 2022, deixou grande patrimônio aos familiares, mas descoberta de site trouxe relato assustador do que vem acontecendo em mansão do ex-jogador. Três vezes campeão da Copa do Mundo (1958, 1962 e 1970), Pelé nos deixou vítima de complicações de um câncer no cólon.

A mansão onde morou Pelé em Guarujá, no litoral de São Paulo, está abandonada. De acordo com reportagem do g1, o local virou alvo de bandidos que acessam o imóvel para furtar fios de cobre. Com imagens e conversas com vizinhos, a casa do Rei não tem mais energia elétrica, está com mato alto no jardim da sala, além de ter piscina suja e outros danos.

“Outras imagens, enviadas à equipe de reportagem, mostram o interior da casa. Assim como na fachada, o mato também cresce no jardim presente na sala e, principalmente, na parte externa, de forma que quase não dá para ver o que já foi um campo de futebol. A água da piscina apresenta coloração esverdeada, e a área interna não tem mais itens pessoais do Rei”, disse a reportagem do g1.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Herdeiro da mansão, o filho Edinho ficou responsável por administrar os bens deixados pelo pai. Funcionários que cuidavam da mansão foram demitidos pouco antes da morte de Pelé e o filho revelou que a situação já está sendo contornada. Pelé morreu no dia 29 de dezembro de 2022, aos 82 anos, após complicações de um câncer no cólon. O ex-jogador lutava contra o tumor desde setembro de 2021.

Comentários estão fechados.