Se envolveu em polêmica do Cruzeiro e agora vai reforçar o Atlético

O ano de 2019 foi verdadeiramente traumático para o Cruzeiro. Aquela temporada ficou marcada por um rebaixamento inédito e pelo início da maior crise institucional da história do clube. Basta lembrar que, ao todo, foram três anos de Série B até o sonhado acesso. 

O fato é que um dos personagens que fizeram parte da triste história do Cruzeiro neste passado recente acaba de ser anunciado no arquirrival Atlético-MG. A saber, trata-se de Pedro Moreira, que assume como novo gerente de futebol do Galo. A função era ocupada pelo ex-goleiro Victor, que foi alçado ao cargo de diretor após a saída de Rodrigo Caetano. 

Ex-Cruzeiro, Pedro Moreira gastou mais de R$ 10 mil do clube em loja de roupa

Como mencionado, Pedro Moreira esteve no Cruzeiro em um passado não muito distante. Aliás, ele teve seu nome citado em gastos com cartão corporativo do clube que passaram de R$ 20 mil. Na ocasião, um relatório apontou que Pedro realizou “transações não condizentes às atividades do clube” entre 2018 e 2019.

De acordo com o documento da Kroll, os valores foram estritamente pessoais. Para se ter uma ideia, ele gastou pouco mais de R$ 10 mil em uma loja de roupa masculina em um shopping na região Centro-Sul. Além disso, em 2019, fez seis compras em lojas de eletrodomésticos em valores que também superaram a casa dos R$ 10 mil. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A título de comparação, pelos cartões analisados, Pedro Moreira na época de Cruzeiro só não gastou mais do que o ex-presidente Wagner Pires de Sá, que lidera a lista com mais de R$ 35 mil gastos de forma indevida.

Comentários estão fechados.