Scarpa fala pelos quatro cantos da boca e solta: ‘Molecada do Cruzeiro”

O meia Gustavo Scarpa, do Atlético-MG, quebrou o silêncio no último domingo (7) e está falando por todo canto. Contratado para o Galo no começo de 2024, o jogador aproveitou a oportunidade para provocar os jogadores do Cruzeiro depois de vencer o Campeonato Mineiro, no Mineirão, ao vencer por 3 a 1, marcando o gol do título, nos acréscimos da partida.

Contratado para o Galo sob grande expectativa por R$ 24 milhões, Scarpa não vinha conseguindo ter sequência e estava recebendo provocações de jogadores do Cruzeiro. O gol de ontem (7) foi o primeiro do jogador com a camisa do Atlético.

“Querendo ou não, provocações da molecada do Cruzeiro têm sim uma relevância. Fiquei surpreso com a forma que eles comemoraram a vitória na primeira fase. Acaba influenciando, dando uma gás a mais. A gente comentou ‘eles estavam empolgados sem vencer ainda’. Um clássico é sempre importante, mas estávamos no começo do campeonato. Após o jogo da primeira fase, a gente falou no vestiário que iríamos encontrá-los na final e seria diferente.”, disse Scarpa.

Até o jogo de ontem, Cruzeiro e Atlético já haviam se enfrentado duas vezes na temporada de 2024, com uma vitória e um empate para a Raposa. No jogo decisivo, o time comandado por Larcamón foi superado pelos dirigidos por Gabriel Milito, que levaram o título e conquistaram o pentacampeonato estadual.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“(Ser campeão) Na casa do adversário tem gosto especial, o silêncio foi gritante. Foi muito bacana. A preleção do Milito e o dia a dia são diferentes. É um cara que sabe bem do que está falando, passa credibilidade, a gente compra a ideia de forma mais rápida. Ele disse que se desse errado, o errado era dele, mas pediu para fazer o que ele iria pedir. E pediu para jogarmos de forma leve que iríamos sair campeões. Deu certo”, finalizou o meia.

Comentários estão fechados.