Samuel Venâncio atualiza situação envolvendo Cruzeiro e Pacaembu

O jornalista Samuel Venâncio, setorista do Cruzeiro, trouxe informações novíssimas envolvendo o Cruzeiro e o estádio do Pacaembu. Depois de negociar os naming rights ao Mercado Livre, a concessionária da Arena revelou acordo com o Cabuloso pra que partidas sejam realizadas após a conclusão das obras.

Pelas redes sociais, torcedores cruzeirenses ficaram na dúvidas sobre quais partidas serão realizadas. Em publicação, Venâncio explicou que a natureza dos jogos será em período de pré-temporada ou para abertura dos calendários.

“Essa história aí de Pacaembu seria pra um jogo festivo, de início de temporada, um amistoso pra fazer ativação inclusive com o torcedor cruzeirense de São Paulo etc. E nem isso foi pra frente. Não tem nada a ver com acordo pra mandar jogos com frequência no estádio. A casa do Cruzeiro é o Mineirão!”, escreveu Venâncio pelo X, antigo Twitter.

CEO da Allegra, Eduardo Barella, concessionária do Pacaembu, divulgou que o estádio fechou acordos com São Paulo, Santos e Cruzeiro para que partidas sejam realizadas no estádio, que está fechado para obras desde 2020.

Em acordo surpreendente, o estádio teve os seus naming rights vendidos ao Mercado Livre, onde o local será chamado de Mercado Livre Arena Pacaembu. Fernando Yunes, vice-presidente sênior e líder do Mercado Livre no Brasil, explicou a negociação que pode durar até 30 anos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Pacaembu traz uma força muito grande no esporte. A gente vem no movimento de se aproximar do esporte, fizemos contrato de patrocínio com o Flamengo, patrocinamos a Conmebol, e agora esse passo de nos associarmos ao Pacaembu. Vai além do esporte, o Pacaembu vai ter centro de convenções que será chamado de Mercado Pago Hall. Clientes do plano Meli+ terão benefícios exclusivos dentro do complexo”, afirmou Yunes.

Comentários estão fechados.