Saiu do Cruzeiro por dinheiro de pinga para se tornar a maior contratação em clube inglês

O Cruzeiro tenta deixar no passar a pior crise da história do clube, iniciada em 2019, que culminou em três temporada seguidas jogando a Série B e perdas financeiras gigantescas. Vivendo outro momento, a Raposa está vendo atacante formado no clube que foi vendido por dinheiro de pinga se tornar a maior contratação de equipe da Inglaterra.

Igor Thiago, atacante de 23 anos, foi destaque do Brugge na última temporada e foi comprado pelo Brentford por 30 milhões de libras (cerca de R$ 212 milhões). O novo contrato será válido por cinco anos com a possibilidade de extensão. A Raposa só terá direito ao mecanismo de solidariedade da FIFA por ter revelado o jogador, sem direitos percentuais.

Thiago saiu do Cruzeiro em 2022, em direção ao Ludogorets, da Bulgária. O atacante foi vendido por 7 milhões de euros (R$ 39 milhões). Após temporada positiva, foi vendido ao Brugge, da Bélgica, onde se tornou o brasileiro artilheiro na última temporada europeia. Na época disputando a Série B, o Cruzeiro precisava de caixa para pagar contas urgentes e fez a negociação, que foi a primeira da gestão de Ronaldo na SAF.

Além de Igor Thiago, o Cruzeiro sofreu grandes perdas nos últimos anos. A Raposa também deixou escapar muitos milhões com as saídas de Vitor Roque e Estevão, para Athlético-PR e Palmeiras, respectivamente. O clube mineiro ainda recebeu R$ 24 milhões por Roque, que está no Barcelona, mas ficou de mãos vazias com Estevão, que já foi negociado com o Chelsea.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Comentários estão fechados.