Saída de Ronaldo do Cruzeiro criou uma nova rivalidade no futebol brasileiro

Ronaldo Fenômeno esteve à frente do Cruzeiro por pouco mais de dois anos e, grosso modo, pode-se dizer que fez um bom trabalho no clube celeste. Basta lembrar que o gestor assumiu o time naquela que seria a terceira temporada consecutiva na Série B do Brasileirão e o vendeu ao empresário mineiro Pedro Lourenço na Sul-Americana

Durante a sua gestão, Ronaldo Fenômeno estreitou relações institucionais com alguns clubes do Brasil e do mundo. Tanto assim que a saída do gestor do Cruzeiro acabou criando uma nova rivalidade no país, o que pode vir a ser uma das mais pesadas do território nacional. 

Saída de Ronaldo do Cruzeiro criou nova rivaldiade no Brasil

Para ser mais preciso, desde que Ronaldo deixou o Cruzeiro, o clube mineiro passou a ser o maior algoz do Corinthians no Brasil. A começar, claro, pela saída do goleiro Cássio, que, após 12 anos, decidiu ir embora do alvinegro para assinar em definitivo com a Raposa

Não bastasse isso, o Corinthians assiste de mãos atadas a VaideBet encaminhar um acordo para ser a nova patrocinadora máster do Cruzeiro. A empresa do ramo de apostas esportivas rescindiu contrato em São Paulo e tem tudo para assinar com o Cruzeiro. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Porém, os chapéus não param por aqui. O Cruzeiro também foi mais rápido no mercado da bola e acertou a contratação do atacante argentino Lautaro Díaz, que estava nos planos do Corinthians para o restante da temporada. 

O centroavante é aguardado em Belo Horizonte para realizar exames médicos e assinar contrato. O atleta vem em definitivo e firmará vínculo por quatro anos com o Cruzeiro. Ele estava no Independiente del Valle, do Equador. 

Comentários estão fechados.