Ronaldo solta o verbo e manda recado para a torcida do Cruzeiro

A derrota do Cruzeiro para o Fluminense, no Maracanã, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, por 2 a 1, certamente, arrancou um sorriso do rosto do torcedor, que há tempos andava estampando os dentes por aí. O placar, apesar de magro, não traduz o que foi a superioridade tricolor durante a partida

Após o jogo, o técnico Paulo Pezzolano se pronunciou, em entrevista coletiva, e disse que a Copa do Brasil “não era uma realidade para o Cruzeiro hoje”. O comandante fez questão de ressaltar, novamente, que o seu objetivo à frente da Raposa é conquistar o acesso no final do ano. 

Presente no estádio carioca ao lado da família, o gestor de futebol Ronaldo, dono de 90% das ações da SAF do Cruzeiro, comentou sobre a partida, durante uma live realizada em seu canal na última sexta-feira. 

Ronaldo jogou a bandeira?

Para avançar de fase no tempo regulamentar, o Cruzeiro precisa vencer por dois gols de diferença. No entanto, um triunfo simples traz a equipe de volta à decisão, uma vez que não há mais critério do gol fora de casa na Copa do Brasil. 

Ronaldo lamentou o revés sofrido diante do Tricolor das Laranjeiras, mas disse acreditar no elenco do Cruzeiro para buscar a virada no jogo da volta. A partida será realizada no dia 12 de julho, no Mineirão, que, com certeza, estará lotado. 

“Infelizmente levamos a derrota para casa, mas 2 a 1 não é um resultado assustador. Podemos virar no jogo de volta. Obviamente, poderemos contar com a nossa torcida em peso para lotar o Mineirão”, declarou o gestor.

No entanto, antes de pensar na partida de volta contra o Fluminense, o Cruzeiro terá algumas decisões pela frente. A primeira delas já nesta terça-feira (28), às 21h30, no Mineirão, diante do Sport.

Se vencer, a Raposa abrirá 13 pontos de frente para o Leão da Ilha do Retiro, que, neste momento, é o quinto colocado na Série B. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.