Ronaldo revela pedido de recuperação judicial no Cruzeiro

Ronaldo Fenômeno anunciou a compra de 90% das ações do Cruzeiro no dia 18 de dezembro de 2021, pelo montante total de R$ 400 milhões. A Raposa é o primeiro clube-empresa no Brasil a usar o modelo Sociedade Anônima do Futebol (SAF), desde que foi aprovado pelo Congresso Federal no ano passado.

Em live realizada na Twitch, plataforma de streaming, o novo gestor do clube revelou ter pedido à presidência do Cruzeiro que o clube inicie o processo de recuperação judicial.

“A recuperação extrajudicial ou judicial é um instrumento legal, muito conhecido no Brasil, para ajudar instituições que estão passando por dificuldades financeiras. Com esse instrumento, a organização ganha mais tempo para pagar seus credores, sendo fiscalizado por profissionais indicados pelo Judiciário”.

Ronaldo e as Tocas da Raposa

Após 86 dias da assinatura oficial do contrato de compra, Ronaldo exige novos ajustes e discute assuntos fundamentais para se tornar dono em definitivo do clube. Na última segunda-feira (14), o ex-jogador se reuniu com membros do conselho da equipe, para conversar sobre as questões levantadas pelo ídolo do Cruzeiro.

Uma das principais exigências, seria a compra das Tocas da Raposa I e II, porém, qualquer negociação envolvendo imóveis sobre domínio do clube, deve ser votada pelo conselho deliberativo. Apesar da resistência da venda dos centros de treinamento por parte do conselho, Ronaldo acredita em um desfecho positivo e explicou a necessidade da negociação.

“Nosso acordo da SAF nunca teve contemplada das dívidas tributárias do Cruzeiro, que são mais ou menos R$ 200 milhões de reais e já foram negociadas. É uma dívida tributária da associação e não viria para a SAF. O não pagamento dessa dívida põe em risco o patrimônio do Cruzeiro.

Se, amanhã, a associação não conseguir cumprir esse parcelamento da dívida, a gente acaba perdendo a Toca I e II, que são os locais de treinamento do clube. Se a gente não tem o CT, onde a gente coloca os nossos jogadores?”

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.