Ronaldo pagava pensão fenomenal pro seu filho Ronald

O empresário Ronaldo Fenômeno, que deixou a gestão do Cruzeiro no final de abril, ao vender as suas ações da SAF para Pedro Lourenço, é um dos maiores jogadores de futebol da história, montou uma grande carreira financeira e pagava pensão fenomenal para o filho Ronald, que hoje em dia é DJ e está com 23 anos.

Nascido em Milão, quando o pai jogava na Inter de Milão, Ronald recebia pensão altíssima do pai para a realidade financeira da época. A Justiça espanhola estipulou que Ronaldo deveria pagar 23 mil euros por mês de pensão para a sua ex-esposa, Milene Domingues. O valor, à época, equivalia a 333 salários mínimos do Brasil e, na cotação daquele ano, girava em torno de R$ 88 mil.  

Atualizando os valores para a realidade atual do real brasileiro, a pensão de Ronaldo para Ronald seria de R$ 412 mil por mês. Em 2009, Ronaldo tentou redução dos pagamentos à ex-esposa, Milene Rodrigues, que criava o filho. Livre das responsabilidades no Cruzeiro, Ronaldo promete ter vida mais tranquila. Aos 47 anos, o ex-jogador está aposentado desde 2011.

Podendo dormir com tranquilidade após anos de pressão no Cruzeiro, tendo que lidar com crise gravíssima e temporada na Série B, Ronaldo afirmou que vai tirar o “restinho” de vida como período sabático para descansar.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Eu vou tirar esse ‘restinho de vida’ sabático, até que apareça alguma coisa […] Acho que da indústria do futebol eu entendo. Não quer dizer que sei de tudo, mas muito provavelmente (seguirei) no futebol. Algo dentro da indústria do futebol estarei fazendo, só tentarei ser mais responsável daqui para frente”, disse o Fenômeno.

Comentários estão fechados.