Ronaldo mostra nobreza e assume dívidas antigas do Cruzeiro na hora: “Todas as obrigações foram cumpridas”

Ronaldo Nazário encerrou a sua história no Cruzeiro no início desta semana, ao vender 90% das ações do clube ao empresário Pedro Lourenço, dono da rede Supermercados BH. O valor da negociação foi na casa de R$ 600 milhões.

Grosso modo, pode-se avaliar a Era Ronaldo no Cruzeiro como benéfica ao futuro. O gestor conduziu o time de volta à Série A do Brasileirão e, como dizem por aí, deixou a casa em ordem. 

Ronaldo assumiu dívidas do Cruzeiro

O fato é que, pelo acordo firmado com Pedro Lourenço, Ronaldo passa a ser responsável por qualquer dívida que surja referente ao período de sua gestão. Isto é, se, por exemplo, um treinador deste período processar o Cruzeiro, será o CPF de Ronaldo que estará em jogo

Durante a coletiva para formalizar a venda das ações de Ronaldo a Pedro Lourenço, ambas as partes, ainda que sem citar detalhes, deixaram claro que estão alinhadas quanto a isso. “A gente não vai fazer acordos financeiros. Todas as obrigações foram cumpridas”, disse o CEO do Cruzeiro, Gabriel Lima.

Gabriel Lima, inclusive, será um nome importante para esta transição. Afinal de contas, chegou ao clube com Ronaldo Nazário e seguirá no clube com Pedro Lourenço, sendo, desta forma, um dos poucos remanescentes. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Não custa lembrar que, por outro lado, Pedro Martins (diretor executivo), Paulo Autuori (diretor técnico) e Paulo André, que, na verdade, orquestrava o departamento, deixaram o clube junto com Ronaldo. Até o momento, a nova gestão esportiva é formada por Alexandre Mattos, Paulo Pelaipe e Edu Dracena.

Comentários estão fechados.