Ronaldo Fenômeno encerra ciclo no Cruzeiro após estreia na Sula

Ronaldo Fenômeno tornou-se dono da SAF do Cruzeiro ainda em dezembro de 2012. Logo no primeiro ano de sua gestão, a equipe mineira conquistou o sonhado acesso à elite do futebol nacional, após três temporadas na Série B do Brasileirão.

No ano passado, foi com sufoco, mas o Cruzeiro assegurou a permanência na Série A e, de quebra, ficou com uma das vagas na Copa Sul-Americana de 2024. Inclusive, a Raposa fez a sua estreia no torneio continental na última quinta-feira (4), contra a Universidad Católica, e ficou no empate por 0 a 0, em Quito.

Ronaldo Fenômeno encerra ciclo no Cruzeiro

O fato é que com a estreia do Cruzeiro na Sul-Americana, Ronaldo encerrou o longo ciclo no clube. Isso porque a última vez que a raposa disputou uma competição continental foi há cinco anos. Na temporada de 2019, a equipe mineira foi eliminada pelo River Plate, nas oitavas de final da Libertadores. 

O torcedor bem deve se lembrar que, depois daquilo, foi só ladeira abaixo. O Cruzeiro encerrou o ano rebaixado à Série B e por lá ficou perdido ao longo de três temporadas. Nas duas primeiras, o objetivo foi muito claro: não cair para a Terceira Divisão. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda em tempo, Vale lembrar que o Cruzeiro está concentrado para a final do campeonato mineiro. o clube estrelado voltará a campo no próximo domingo (sete), às 15:30 no Mineirão, para encarar o Atlético-MG. A partida de ida terminou empatada por 2 a 2 e, por ter feito a melhor campanha na primeira fase no torneio, a Raposa precisa de uma nova igualdade para sagrar-se campeã. 

Comentários estão fechados.