Ronaldo deixa o Cruzeiro entre os times que mais se reforçaram em 2024

O ex-jogador Ronaldo Fenômeno está atuando no Cruzeiro desde o final de 2021 como gestor da SAF, tendo 70% das ações, mas recebeu muitas críticas em 2023 por não reforçar o elenco com tanta qualidade e agora deu resposta aos torcedores. Após investir legal no grupo de jogadores, o Cabuloso está entre os times que mais se reforçaram para 2024.

Com seis jogadores contratados até o momento, o Cruzeiro está entre os cinco clubes da Série A com mais reforços. Léo Aragão, Zé Ivaldo, Lucas Romero, Rafa Silva, Gabriel Verón e Juan Dinenno foram os nomes anunciados oficialmente pelo Cabuloso até essa sexta-feira (12).

O líder de negociações até o momento é o Juventude, que subiu da Série B, e anunciou até o momento 12 novos jogadores. Seguidos por Vitória, com 10, e pelo Atlético-GO, com nove contratações. O TOP-4, antes do Cruzeiro, é o Botafogo, que contratou cinco jogadores. Mais nomes são esperados na Toca da Raposa nos próximos dias para reforçar o elenco de Nicolás Larcamón.

Em entrevista na semana passada, o executivo da SAF Pedro Martins explicou que o Cruzeiro não vai fazer muitas contratações neste momento, priorizando a qualidade dos jogadores no lugar da quantidade. A declaração foi feita no dia 6 de janeiro, quando Nicolás Larcamón foi apresentado à imprensa na Toca da Raposa.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“A gente não vai fazer contratação no volume, também uma coisa muito importante, é como esse elenco vai responder sob esse novo comando técnico. A opinião do Larcamón vai ser fundamental, e a gente vai usar muito esse Campeonato Mineiro para ter a resposta desse grupo, sobre os métodos desse treinador. E ai com o tempo a gente vai analisar quais são as principais carências, e onde a gente deve centralizar esforços e recursos para trazer, como eu disse lá atrás, a gente não vai atrás de volume, a gente vai atrás de qualidade”, destacou Pedro Martins.

Comentários estão fechados.