Romário segue passos de Ronaldo e assume presidência do América

Romário e Ronaldo são o centro de uma eterna discussão sobre quem foi o maior atacante da história da Seleção Brasileira. Em favor da verdade, ambos foram extraordinários com a camisa amarelinha e, dentre outras coisas, garantiram uma Copa do Mundo cada ao Brasil. 

Romário foi o grande destaque do título de 1994. Ronaldo, por sua vez, levantou a taça em 2002 como o artilheiro daquela edição do mundial. Para se ter uma ideia, o Fenômeno marcou oito gols em sete jogos, incluindo os dois da final contra a Alemanha. 

O fato é que, agora, Romário e Ronaldo se aventuram na gestão de times de futebol. O Fenômeno, por exemplo, é dono do Cruzeiro e do Real Valladolid, da Espanha. O baixinho, por outro lado, acaba de iniciar sua trajetória nos bastidores esportivos. 

Romário é eleito presidente do América

Romário foi eleito, na última quinta-feira (9), o presidente do América-RJ. O ex-jogador vai acumular a função no clube com o mandato de senador da República. Ele foi escolhido para ser o mandatário da equipe pelos próximos três anos, de janeiro de 2024 até o fim de 2026.

“Eu me sinto preparado para esse novo desafio na minha vida. É claro que quando eu falo isso, é porque eu tenho certeza e fé em Deus e que vocês americanos, como eu e meu pai, vão me ajudar para que possamos, juntos, recolocar o América no lugar que ele merece. É na primeira divisão do carioca e voltando a disputar uma competição nacional”, disse. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Romário, aliás, tem uma história de vida ligada ao América. Em 2008, o baixinho anunciou a aposentadoria. No ano seguinte, porém, voltou atrás e retornou aos gramados para atuar pelo América-RJ, que é o time de coração de seu pai. 

Com o clube, foi campeão da segunda divisão do Campeonato Carioca. Agora, na função de presidente, o ex-jogador pode seguir trilhando o seu caminho no América-RJ.

Comentários estão fechados.