Revelado o valor mínimo que o Cruzeiro ganhará na Sul-Americana

O Cruzeiro terminou o Brasileirão de 2023 na 14° colocação, com 47 pontos e garantiu vaga para a Copa Sul-Americana. Cinco anos longe das competições internacionais, o Cabuloso conviveu com crises financeiras sucessivas e conheceu o valor mínimo que vai ganhar participando do torneio. A última participação havia sido em 2019 pela Copa Libertadores.

Com tendência de premiação maior, a Conmebol pagou R$ 4,5 milhões pela participação na fase de grupos, além de R$ 500 mil por vitória na fase. Assim, os clubes que disputaram a competição puderam arrecadar até R$ 7 milhões.

No Cruzeiro desde o final de 2021, Ronaldo Fenômeno é o gestor da SAF e colocou como objetivo principal da temporada passada a classificação para a Copa Sul-Americana. Dono de 70% das ações do clube, o empresário aprovou recentemente a Recuperação Judicial, onde o Cabuloso vai pagar mais de R$ 600 milhões nos próximos 18 anos.

Em 2019, quando disputou a Copa Libertadores, o Cruzeiro foi eliminado nas oitavas de final para o River Plate. De lá para cá o clube foi rebaixado para a Série B, ficou três temporadas longe da elite nacional e agora está de volta. Temendo o rebaixamento em 2023, o Cabuloso deu a volta por cima e terminou a competição entre os classificados.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Cruzeiro encerrou o Brasileirão com 47 pontos, com 11 vitórias, 14 empates e 13 derrotas em 38 rodadas. Agora com Nicolás Larcamón, o Cabuloso busca uma temporada positiva e com afirmações para o projeto esportivo do clube.

Comentários estão fechados.