Revelado o valor fenomenal que Ronaldo pagava de pensão a Ronald

Ronaldo Nazário é pai de quatro filhos, sendo Ronald o primogênito. Fruto do casamento do ex-atacante com Milene Domingues, o garoto cresceu muito ligado ao pai, ainda que o casamento tenha ido por água abaixo em 2003, quando Ronald tinha apenas um ano de idade. 

Durante todos esses anos, Ronaldo Nazário foi obrigado a cumprir com suas obrigações legais e pagar uma pensão alimentícia para sua ex-companheira, que ficou com a guarda de Ronald. Ao certo, o valor já passou por alguns reajustes ao longo dos anos. Atualmente, não existe mais pensão, uma vez que, como mencionado, o Ronald já tem 23 anos de idade.  

Mas, afinal, quanto Ronaldo pagava de pensão?

Inicialmente, ainda em 2004, ou seja, um ano após a separação, a Justiça espanhola estipulou que Ronaldo deveria pagar 23 mil euros por mês de pensão para a sua ex-esposa, Milene Domingues. O valor, à época, equivalia a 333 salários mínimos do Brasil e, na cotação daquele ano, girava em torno de R$ 88 mil.  

Em seguida, o jornal Agora S. Paulo revelou, em 2009, que Ronaldo estava buscando meios para reduzir o valor da pensão alimentícia para 2.500 euros, ou seja, quase dez vezes o que antes pagava. Acontece que Milene alegou que os gastos com o filho eram altos, citando estudos de Ronald (quase R$ 16 mil por mês), alimentação, psicólogo e afins. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A disputa não durou muito tempo. Isso porque, em 2010, Ronaldo Nazário e Milene Domingues sentaram-se à mesa e chegaram a um acordo. O valor, contudo, nunca foi revelado. 

Ronaldo quase foi preso por não pagar pensão

Em fevereiro de 2022, ou seja, após comprar o Cruzeiro, Ronaldo foi notificado sobre o atraso de três meses de pensão para o seu filho com a modelo e fisiculturista Michele Umezu. À época, a mãe do filho de Ronaldo entrou com uma ação de execução contra o empresário, que logo tratou de quitar as contas.

Comentários estão fechados.