Ranking da Libertadores coloca o Cruzeiro na 2ª posição

O Cruzeiro não está jogando a Copa Libertadores de 2024, só conseguiu vaga para a Copa Sul-Americana, mas tem grandeza tão consagrada que foi colocado em segundo lugar em ranking do principal torneio internacional da Conmebol. Sem jogar o campeonato desde 2019, o clube foi campeão em 1976 e em 1997.

Disputada desde 1960, a Copa Libertadores tem o Independiente, da Argentina, como o maior vencedor, com sete títulos, seguido pelo Boca Juniors, com seis. Disputada até 2018 com final em pelo menos dois jogos, ser um bom mandante sempre pesou para as conquistas. Sabendo da poder de contar com a Nação Azul, o Cabuloso fez o dever de casa na maioria das vezes e ficou bem colocado em ranking.

Contando todos os clubes brasileiros que já disputaram a Libertadores, o Cruzeiro é o melhor mandante da competição, ficando em segundo em ranking geral e a frente de São Paulo e Flamengo, que possuem três títulos cada. Ao longo das edições, o Cabuloso tem 78,2% de aproveitamento jogando como mandante, ficando atrás do Estudiantes, que tem 82,4%.

O décimo melhor mandante é o Grêmio, com 75,3%, seguido pelo Toluca, com 75,8%. Em oitavo está o Internacional, com 75,9%. O Botafogo é o sétimo lugar, com 76%. Em sexto vem o América do México, também com 76%. Em quinta vem o Cruz Azul, também do México, com 76,1%. O São Paulo é o quarto lugar, com 78,1%. Em terceiro está o Flamengo, com 78,2%. Cruzeiro e Estudiantes, que disputaram a final da competição em 2009, encabeçam o ranking.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Comentários estão fechados.