Quase veio jogar no Cruzeiro e agora foi preso no interior de Alagoas

O ex-jogador Cleiton Xavier, que teve negociações avançadas e quase foi jogador do Cruzeiro, teve reviravolta na carreira e agora foi preso no interior de Alagoas. Aos 40 anos, Xavier está aposentado desde 2018, quando atuou pelo CRB, na Série B, e agora vai precisar se explicar com a justiça cível. O meia foi preso por atrasar os pagamentos de pensões alimentícias em 2023.

De acordo com informações do ge, Cleiton Xavier foi preso nesta terça-feira (9) em São José da Tapera, Sertão de Alagoas, por causa de uma dívida de três meses de pensão alimentícia, referentes a junho, julho e agosto de 2023. Detido em casa, o ex-jogador foi levado para a cadeira de Santana do Ipanema, cidade próxima ao município.

Ainda segundo apurações do ge, a dívida alimentícia de Cleiton Xavier é de 31 mil reais. Daniela Andrade, delegada responsável pelo caso, afirmou que o ex-jogador não quer pagar os valores a ex-esposa. “que ele não quer pagar o valor da pensão”, explicou.

Aposentado dos gramados, Cleiton Xavier jogou por Palmeiras, Sport, Brasiliense, Gama, Figueirense e Vitória. Sem contrato firmado, o ex-jogador teve negociações com o Cruzeiro, mas não foi anunciado e seguiu a carreira longe da Toca da Raposa.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Procuramos o Cleiton Xavier e sempre falamos para a imprensa que tínhamos interesse nele e estávamos na briga com o Palmeiras e com o Flamengo para tê-lo.”, disse Valdir Barbosa, dirigente do Cruzeiro, na época. Cleiton Xavier acabou assinando com o Palmeiras, onde foi camisa 10 e destaque da equipe por alguns anos.

Comentários estão fechados.