Profissional do Cruzeiro não se omite e assume culpa pela eliminação na Copa do Brasil

O Cruzeiro está eliminado da Copa do Brasil e, ao certo, a torcida ainda levará tempo para digerir o golpe sofrido na noite da última quarta-feira (21), quando a Raposa foi derrotada pelo Sousa, da Paraíba, por 2 a 0, e se despediu precocemente do torneio mata-mata. 

Após o duelo, o técnico Nicolás Larcamón estava visivelmente abatido. Em entrevista coletiva, o treinador se desculpou com a torcida e assumiu a responsabilidade pela eliminação. “Principalmente, falar ao torcedor, e não falar de questões da partida, da situação do campo. Quero me desculpar com a história desse clube, história muito grande, sobretudo nessa competição”, disse.

Cruzeiro terá mudanças com Larcamón?

A verdade é que o Cruzeiro entrou em campo para segurar o empate, já que tinha a vantagem por conta do regulamento da CBF. A equipe mineira estava se classificando para a próxima fase até os 43 minutos do segundo tempo, quando sofreu o primeiro gol do adversário.

Não custa lembrar que a saída precoce da Copa do Brasil também representa um abalo para as finanças do clube em 2024. Afinal de contas, a projeção da diretoria era chegar pelo menos até as oitavas de final e, com isso, receber uma premiação de R$ 7,455 milhões.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Agora, o Cruzeiro terá que encontrar novos meios de chegar a este valor, seja com uma campanha mais contundente na Série A do Brasileirão ou na Sul-Americana. No Campeonato Mineiro, o clube é o líder do Grupo A com 13 pontos. 

A próxima partida da Raposa será neste domingo (25), fora de casa, contra o Pouso Alegre, em jogo da sétima e penúltima rodada da fase de grupos do Estadual. Uma vitória coloca o Cruzeiro na próxima fase da competição local.

Comentários estão fechados.