Premier League não resiste e usará tecnologia muito aguardada na América do Sul

A Premier League, liga da primeira divisão do Campeonato Inglês, não resistiu e precisou ceder a tecnologia que é muito aguardada na América do Sul e já teve experiências satisfatórias na Copa do Mundo de 2022. De forma unânime, os clubes aprovaram a novidade, que promete acelerar ainda mais as revisões de impedimentos.

O comunicado foi divulgado nesta quinta-feira (11), onde a tecnologia semi-automática de impedimento vai passar a ser usada pelos clubes. “fornecerá posicionamento mais rápido e consistente da linha de impedimento virtual, com base no rastreamento óptico do jogador, e produzirá gráficos de transmissão de alta qualidade para garantir uma experiência aprimorada no estádio e na transmissão para os torcedores”, informou a organização das competições inglesas.

A novidade no futebol está sendo usada pela Fifa desde a Copa do Mundo de 2022, no Qatar, e é bem avaliada por jogadores, treinadores e dirigente. Ainda no comunicado, a Premier League informou que os clubes aprovaram a novidade de forma unânime. Veja o comunicado completa a seguir.

Na reunião de acionistas da Premier League, os clubes concordaram por unanimidade com a introdução da tecnologia de impedimento semi-automático.

O novo sistema será usado pela primeira vez na Premier League na próxima temporada, e espera-se que a tecnologia esteja pronta para ser introduzida após uma das pausas internacionais do outono (Nota da Redação: final de setembro até meados de dezembro na Europa).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A tecnologia fornecerá um posicionamento mais rápido e consistente da linha de impedimento virtual, com base no rastreamento óptico do jogador, e produzirá gráficos de transmissão de alta qualidade para garantir uma experiência aprimorada no estádio e na transmissão para os torcedores.

Comentários estão fechados.