Popó entrega sobre manipulação nas Olimpíadas que pode ter afetado o Brasil

O lutador Popó, que está aposentado das competições oficiais e vem disputando lutas amadoras nos últimos anos, quebrou o silêncio e entregou tudo sobre manipulação nas Olímpiadas que pode ter afetado o Brasil de forma pesada. A declaração caiu como uma bomba no comitê dos jogos, que agora busca forma de se defender das falas do lutador.

Em entrevista recente, em participação ao podcast MMApodcuts, Popó surpreendeu os fãs ao comentar sobre as Olimpíadas do Rio, quando estava trabalhando como comentarista nos canais SporTV.

“Eu vou te contar o que aconteceu nas Olimpíadas do Rio. Eu era comentarista de uma emissora, eu tava 50 metros do ringue, numa parte alta, e fiz comentários de mais de 300 lutas. 50% das lutas o resultado não era o certo, e eu falava “essa luta aqui foi muito tendenciosa, quem ganhou foi tal país”. E eu fiquei tanto falando isso, “tendenciosa”, que eu mudei minha linguagem”, disse Popó.

Ainda na declaração, Popó contou que foi mandado calar a boca quando quis denunciar os erros da arbitragem. Popó ainda comentou que todos os árbitros do IBA que atuaram no Brasil naquela oportunidade, foram suspensos do boxe.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“A IBA foi suspensa do boxem sabe por quê? Porque tava favorecendo tal país. Mesmo que pareça algo “natural no esporte”, finalizou Popó, que atualmente está com 48 anos e é tetra campeão mundial de Boxe e pela força exagerada nos socos ganhou o apelido de mão de pedra. Popó está aposentado dos ringues desde 2007 e hoje leva vida como influenciador e com lutar amadoras.

Comentários estão fechados.