Polícia se posiciona oficialmente sobre caso de agressão envolvendo Augusto Melo e torcedor do Cruzeiro

O Cruzeiro conseguiu uma grande vitória na tarde do último domingo sobre o Corinthians, no Mineirão, na 15ª rodada da Série A do Brasileirão. Com gols de Matheus Pereira, Barreal e Gabriel Veron, os donos da casa saíram de campo com o placar favorável de 3 x 0. 

No entanto, nem tudo foi alegria e motivo de festa para a torcida celeste. Após a partida, João Daniel, um dos mais de 55 mil torcedores que estavam no Gigante da Pampulha, afirmou ter sido agredido com um soco na cara por Augusto Melo, presidente do Corinthians. 

João Daniel foi à delegacia do estádio para tentar registrar um Boletim de Ocorrência. “Meu nome é João Daniel, tenho 40 anos, frequento o Mineirão desde os 4, 5 anos. Estava no camarote com o meu filho. No fim do jogo, fui comprar um suco para ele nos bares, quando veio o presidente do Corinthians, acompanhado por uma série de seguranças, uns 10 ou 12, as câmeras podem mostrar”, contou.

Polícia confirma agressão de Augusto Melo contra torcedor do Cruzeiro

De acordo com João Daniel, alguns torcedores celestes começaram a provocar o rival. “Eu entrei na brincadeira. Disse que ele seria o presidente do rebaixamento”. Ainda segundo relato da vítima, foi neste momento que Augusto Melo teria desferido um soco contra a sua pessoa, próximo da região do olho. 

O Corinthians ainda não se manifestou sobre os novos fatos. Nas redes sociais, o clube informou que o presidente Augusto Melo foi hostilizado por torcedores do Cruzeiro no Mineirão. De acordo com a nota do clube, “a equipe de segurança interveio para proteger o presidente e os outros membros da diretoria e staff, afastando alguns cruzeirenses mais exaltados”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Delegado de plantão do jogo, Guilherme da Costa Oliveira Santos revelou que as imagens do circuito interno do Mineirão confirmam a agressão do presidente do Corinthians contra o torcedor celeste.

“O Mineirão forneceu as imagens. A gente vê os fatos e agora precisamos analisar com mais detalhes para saber a dimensão, mas de fato mostra um contato do presidente para com o torcedor”, disse o delegado da Polícia Civil (PC).

Desportivamente falando, o Cruzeiro voltará a campo nesta quarta-feira (10), às 18h30, para encarar, fora de casa, o Grêmio. Destaca-se que esta será a última partida da Raposa antes da estreia dos novos reforços. 

Comentários estão fechados.