Pezzolano reproduz falas de torcedores e ‘pede’ demissão cantando

Pezzolano deixou o Cruzeiro no início da temporada do ano passado e, logo em seguida, acertou a sua ida ao Real Valladolid. Por lá, o técnico acaba de conquistar o acesso à elite do Campeonato Espanhol. 

Acontece que, apesar de ter assegurado a volta à Primeira Divisão com uma rodada de antecedência, o futuro de Paulo Pezzolano no clube é, digamos, duvidoso. 

Pezzolano tomou a palavra e pediu a própria demissão

Para se ter uma ideia, na última segunda-feira (27), durante a celebração com a torcida pelo acesso, o treinador gritou pela própria demissão junto com os torcedores. O coro puxado por Pezzolano foi uma resposta irônica às críticas que vem recebendo. 

O fato é que os torcedores do Valladolid protestaram contra a permanência de Paulo Pezzolano durante toda a temporada, incluindo no jogo do último domingo (26), que garantiu o acesso do clube. 

Nota-se, portanto, que o futuro de Pezzolano na equipe não está assegurado. Aliás, o treinador chegou a ser alvo do Vasco nas últimas semanas, mas afirmou que não poderia deixar o Valladolid nesta reta final de temporada europeia. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda em tempo, cumpre destacar que o Valladolid também passa por uma indefinição em sua gestão. Isso porque Ronaldo Fenômeno, dono da maior parte das ações do clube, revelou que, no momento, há três propostas de compra sendo analisadas. 

Não custa lembrar que, durante a coletiva para anunciar a venda do Cruzeiro ao empresário Pedro Lourenço, Ronaldo foi categórico ao afirmar que o ‘Real Valladolid seria o próximo’ clube a ser vendido. O gestor tomará a decisão nos próximos meses.

Comentários estão fechados.