Pezzolano perde a cabeça e solta o verbo contra a arbitragem da Série B 2022

Após o empate entre Cruzeiro e Ituano por 1×1, o treinador do Cruzeiro, Paulo Pezzolano criticou muito a arbitragem. Ele acredita não se tratar de um erro humano ou incompetência, e não poupou palavras para protestar.

Em entrevista pós jogo, o técnico foi firme nas declarações. “Sinceramente, não creio que tenha sido um erro incompetente. Esses erros não podem existir. Um cara que está no computador ou sentado para ver isso, e não vê isso, é um erro muito grande. Cruzeiro está jogando muito, pelo acesso. Não é um erro, é um horror o que aconteceu hoje”, disse.

Além do gol anulado pelo VAR, o técnico criticou muito a arbitragem de campo. “Muitas jogadas que aconteceram no campo, sem sentido. Muito (cartão) amarelo para nós, sem sentido. Luvannor, você acha que Luvannor não ficaria suspenso? Ele sabe. Amarelo para Geovane, sem fazer falta, para Brock, numa falta atrás. E nenhum amarelo para eles. Já não é sem querer. Acho que é outra coisa”, completou.

CEO e Ronaldo também protestam

O CEO do Cruzeiro, Gabriel Lima disse que o clube vai até a CBF pedir explicações. “A gente vai conversar na CBF para entender. A gente vai querer escutar o áudio da sala do VAR para entender o que foi discutido e o que foi conversado naquele momento. Saber qual é o planejamento para frente. Qual é a solução institucional que vai ser dada para erros como esse não aconteceram mais”, afirmou.

Dono do clube, Ronaldo também se manifestou. “Com esse lance de difícil interpretação, empatamos fora! Nada nos tira do foco. Vamos por mais, Cruzeiro”, disse, em seu perfil oficial do Twitter, de forma irônica.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.