Pedro Lourenço aparece com Lula e motivo do encontro é revelado

O empresário Pedro Lourenço tornou-se dono da SAF do Cruzeiro em abril deste ano, quando oficializou a compra de 90% das ações do clube das mãos de Ronaldo Nazário. De lá para cá, pode-se dizer que a diretoria mudou a sua postura nos bastidores, em especial no mercado da bola

No entanto, há algumas semelhanças entre as gestões. Uma delas é a diplomacia política. Inclusive, na última quinta-feira (27), Pedro Lourenço entregou em mãos uma camisa do Cruzeiro ao presidente Lula. O encontro aconteceu na cidade de Contagem, durante uma visita do mandatário da República para as vistorias de uma obra na avenida Maracanã. 

Vale dizer que, além de Lula, também estavam presentes a prefeita de Contagem, Marília Campos, e outros ministros do atual governo. Além do presidente, Jaja, esposa de Lula, e Marília também foram presenteadas com uma camisa celeste. Todos com a numeração 10 e com os respectivos nomes.

transferir 1
Janja, Lula, Pedrinho e Marília. Foto: Reprodução.

Lula já se declarou pro Cruzeiro

Ainda em tempo, não custa lembrar que, em outra visita recente a Minas Gerais, Lula já tinha comentado sobre a sua admiração pelo Cruzeiro, citando ídolos históricos do clube, como Tostão, Dirceu Lopes e outros mais. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Eu torço para o Cruzeiro. Eu nasci antes da geração Paulo Isidoro. Eu nasci na Seleção do Tostão, do Dirceu Lopes, do Joãozinho, do Natal. Foi essa geração que me fez conhecer o futebol de Minas Gerais. Depois veio o Atlético com aquele timaço, mas eu já tinha feito a opção, porque eu vi o Cruzeiro enfiar 6 a 2 no Santos com Dorival, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe”, disse.

Desportivamente falando, o Cruzeiro voltará a campo no próximo domingo (30), às 18h30, para encarar o Flamengo, no Maracanã. A partida será válida pela 13ª rodada da Série A do Brasileirão. Cumpre dizer que o técnico Fernando Seabra não poderá contar com o zagueiro Zé Ivaldo para o clássico.

Comentários estão fechados.