Pediu oportunidade! Ex do Real Madrid está livre para fechar com o Cruzeiro

O Cruzeiro ainda está atuando no mercado de transferências para qualificar o elenco do técnico Nicolás Larcamón e recebeu a informação que ex-jogador do Real Madrid está livre para fechar com o Cabuloso. Estudando nomes e oportunidades, os dirigentes do clube estão analisando nomes e pode dar veredito sobre fazer ou não uma proposta.

Jesé Rodríguez, atacante dispensado do Coritiba após o rebaixamento para a Série B do Brasileirão, quer continuar no futebol brasileiro e vem se oferecendo para assinar com outros clube. Formado nas categorias de base do Real Madrid, na Espanha, o jogador tem muita experiência, títulos e rodagens por equipes de peso.

Em entrevista ao jornal Marca, Jesé afirmou estar em forma física e que teve ofertas de alguns clubes. “Que ninguém duvide que sou e continuarei a ser jogador de futebol. Estou treinando há quatro semanas de segunda a sexta, às vezes aos sábados, com sessões duplas, me preparando e esperando. Tive algo, mas não quis tomar decisões precipitadas”, explicou.

Ainda na entrevista, o atacante deixou claro que quer entrar em um projeto sólido e estável para poder atuar bem. O Cruzeiro, que está com a SAF desde 2021 e tem treinador com contrato longo, poderia ser o caminho ideal. O Cabuloso não sondou o jogador até o momento.

“Gostaria de chegar a um lugar onde tivesse estabilidade, onde pudesse jogar regularmente. Se eu tivesse aquela continuidade que todo jogador de futebol busca, tenho certeza que teria um desempenho como já fiz em outros lugares. Gostaria que fosse na Espanha, perto da minha família”, acrescentou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Em 2023 pelo Coxa, Jesé disputou apenas seis jogos e marcou um gol. Em dois meses de clube, o atacante não conseguiu fazer a equipe sair da zona de rebaixamento e ficar na elite. “Sou um vencedor e o que gosto é de vencer. Quem me der a oportunidade não vai se arrepender”, completou.

“Meu melhor momento foi no Real Madrid. Desde que saí da minha casa até chegar à equipe principal e conquistar todos os títulos, com todos aqueles fenômenos e grandes jogadores. Depois também tive momentos importantes no Las Palmas. Me senti apoiado pelas pessoas, pelo clube, pela minha família. Me senti bem jogando. Acho que foram nesses dois momentos que me senti melhor”, finalizou.

Comentários estão fechados.