Pedida salarial de Yerry Mina nos deixou arrepiados

O zagueiro Yerry Mina, que atualmente está no Cagliari, da Itália e teve passagem vitoriosa pelo Palmeiras, tem em quase todas as janelas de transferências ligadas a clubes brasileiros, mas pedida salarial exigidas pelo colombiano deixou os dirigentes com pelos arrepiados. Aos 29 anos, o jogador já disputou duas Copas do Mundo (2018 e 2022).

Depois da passagem vitoriosa pelo Palmeiras, sendo campeão do Brasileirão em 2016, Mina passou por Barcelona e Everton, mas não conseguiu render como esperado. O defensor também teve passagem pela Fiorentina e está emprestado ao Cagliari. Ainda com mercado forte, Mina aceitaria jogar no Brasil, mas precisa encontrar um clube com coragem de pagar R$ 700 mil por mês de salários ao zagueiro.

O salário no total é de 1,5 milhões de euros (R$ 9 milhões) por temporada, superando meio milhão por mês, valor alto para o padrão brasileiro na posição. Sem condições de arcar com a contratação, o Cruzeiro nem ventilou o nome de Mina e tem neste momento para o setor Zé Ivaldo, João Marcelo, Neris e Lucas Vilalba.

Na primeira janela de 2024, o Cruzeiro realizou nove contratações para o treinador Nico Larcamón e pode aproveitar a janela doméstica, aberta até o dia 19 de abril, para trazer mais reforços para o começo do Brasileirão. Depois de perder o Campeonato Mineiro, a Raposa foca na Sul-Americana e no Brasileirão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Léo Aragão (goleiro), Lucas Vilalba (zagueiro), Zé Ivaldo (zagueiro), José Cifuentes (volante), Lucas Romero (volante), Álvaro Barreal (meia), Rafa Silva (atacante), Gabriel Verón (atacante) e Juan Dinenno (atacante) foram os nomes trazidos pelo clube para o treinador argentino de 39 anos.

Comentários estão fechados.